Avançar para o conteúdo principal

Move-te pela Esclerose Múltipla


O Gang da EM organiza no próximo dia 27 de Maio o “Move-te pela Esclerose Múltipla”, uma iniciativa a nível nacional, inédita em Portugal.

Como sabem, o primeiro Dia Mundial da Esclerose Múltipla comemora-se precisamente nessa data, no dia 27de Maio.

O Gang da EM organiza assim dois percursos de passeio, um pedestre e outro de bicicleta, nas cidades de Lisboa, Porto, Viana do Castelo, Aveiro, Sintra, Pinhal Novo e Évora.

O "Move-te pela Esclerose Múltipla" é um evento nacional, organizado em prol de um Movimento Global de Sensibilização da doença e de comemoração do primeiro Dia Mundial.

A iniciativa será aberta a toda a comunidade com o objectivo de sensibilizar para esta doença.

O "Move-te pela Esclerose Múltipla" terá o seu início às 19h, em simultâneo em todas as cidades, sendo que a recepção dos participantes será feita uma hora antes, isto é, às 18h.

O percurso de Caminhada contará com cerca de 3 km e o de Bicicleta com cerca de 7/8 km. Os participantes sairão todos do mesmo sítio e regressam também ao mesmo local, praticamente ao mesmo tempo, daí os dois percursos com distâncias diferentes e tempos diferentes.

Os locais de concentração para este passeio de sensibilização são:

• Viana do Castelo: Largo da Estação
• Porto: Castelo do Queijo – Molhe
• Aveiro: Cais da Fonte Nova (Centro de Congressos)
• Lisboa: Parque das Nações - Rossio dos Olivais, ao lado do Pavilhão Atlântico
• Sintra: Praça D. Fernando II (Feira de São Pedro de Sintra)
• Pinhal Novo: Largo José Maria dos Santos (Coreto)
• Évora: Jardim público junto ao Palácio Dom Manuel

A inscrição é gratuita mas obrigatória devido ao seguro de participação e para ter direito a uma t-shirt da iniciativa.

Inscrições através de:
-- Email – gang.da.em@gmail.com
-- Sónia Lima (Viana do Castelo) - 96.5133442
-- Argimiro Pinto (Porto) - 92.6381009
-- Pedro Mendes (Porto) - 91.7412448
-- Luisa Matias (Aveiro) - 96.2364446
-- Patrícia Rangel (Lisboa) - 93.2510258
-- Dora Silva (Lisboa) 96.8322507
-- Inês Santos (Lisboa e Pinhal Novo) - 96.3668563
-- Guilhermina Sousa Tenente (Sintra) - 91.8789153
-- Anabela Rosado (Évora) - 96.2686580

Na altura da inscrição, os participantes devem dar o nome, referir qual a cidade, o percurso que pretendem (caminhada ou bicicleta) e devem dizer qual a razão que os move pela causa: se são portadores, familiares, amigos ou simplesmente participantes.

Com esta iniciativa, o Gang da EM tem por objectivo promover a motivação dos portadores de esclerose múltipla para diversas actividades.

O “Move-te pela Esclerose Múltipla” foi também pensado para aumentar a consciência relativamente ao Movimento Global de Sensibilização para a Esclerose Múltipla, um movimento onde a união e complementaridade entre Estado, Associações, Indústria Farmacêutica, Doentes, Familiares e Amigos e Entidades Institucionais seja uma realidade em prol da qualidade de vida de todos os portadores de EM.

Foi nesse sentido que, para esta iniciativa a nível nacional, o Gang da EM contou com o apoio institucional do Ministério da Saúde, da Direcção Geral da Saúde, do Instituto Nacional de Reabilitação, Instituto Nacional do Desporto, do Grupo de Estudos de Esclerose Múltipla (GEEM), da Associação Portuguesa de Enfermeiros de Esclerose Múltipla e apoio institucional e logístico da Câmara Municipal do Porto, Câmara Municipal de Aveiro, Câmara Municipal de Palmela, Câmara Municipal de Sintra, Câmara Municipal de Évora, da Junta de Freguesia e Bombeiros de Pinhal Novo, Junta de Freguesia de Santa Iria da Azóia, da Associação Nacional de Desporto de Deficientes Motores e da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicletas e da Fertagus.

Contamos ainda com o apoio logístico dos Laboratórios Farmacêuticos Bayer Schering Pharma, Merck Serono, Novartis e Biogen Idec., assim como da empresa Copidata, da Mapfre Seguros e Tradimassas.

Vem caminhar e pedalar connosco!!!

Qualquer pessoa, familiar, amigo, conhecido, pode participar nesta iniciativa!
Divulga entre os teus Familiares e Amigos e faz desta… a tua causa!!!!

Um por Todos e Todos por Um!!!

P’lo Gang da EM,
Inês Santos
Luísa Matias
Dora Silva
Rui Mestre Silva
Alexandre Tomás

Comentários

loisa disse…
Olá Félix!

Muito obrigada pela divulgação! O Move-te pela Esclerose Múltipla foi um sucesso!! Foram cerca de 700 pessoas a caminhar e pedalar pela causa. Estamos muitos contentes com a resposta da sociedade civil, das entidades do Estado, Associações, Hospitais, Empresas, Comunicação Social, etc. Temos uma lista de agradecimentos sem fim!

Pelo que... vamos continuar a mover-nos!

Convidamos a todos a verem as fotografias no nosso blog: www.gangem.blogspot.com

Um bem haja enorme!
Luísa Matias, Aveiro - Gang da Esclerose Múltipla

Mensagens populares deste blogue

O que é o Fundraising?

«O conjunto de estratégias e procedimentos que levam as pessoas a darem voluntariamente recursos financeiros»

- O seu objetivo é conseguir doações;
- Mais do que conseguir doações, é conseguir doadores;
- Mais do que conseguir doadores é montar um sistema de conquista de doadores;
- Um sistema que os leve a doar cada vez mais e com maior frequência;
- Por fim, um sistema que os leve a deixarem um legado;
- E que façam tudo isso com alegria identificando-se com a causa da instituição.

Fundação Maria do Carmo Roque Pereira

Caros Amigos
Como muitos já sabem, o Miguel e eu dedicamo-nos de alma e coração já há vários anos à Fundação Maria do Carmo Roque Pereira.

A Fundação é uma IPSS cuja actividade principal é uma creche e um jardim Infância na zona da Graça, em Lisboa, com 50 Crianças entre os 18 meses e os 5 anos. Apoiamos também cerca de 80 familias (mais de 250 pessoas) através da entrega de cabazes do Banco Alimentar.

Funcionamos há alguns anos nos Claustros da Igreja da Graça. Um sitio lindissimo mas com muitas limitações e algumas faltas de condições, que todos os dias vamos tentando melhorar para oferecermos o melhor serviço - a equipa que ali está é extraordinária e às vezes faz verdadeiros milagres.

Como IPSS vocacionada para o apoio a famílias desfavorecidas e com muitas dificuldades, todos os dias apertamos o cinto e temos mesmo a corda ao pescoço.
Precisamos de adquirir equipamentos e materiais, e sobretudo algumas obras são necessárias para que possamos manter os requisitos míni…

Chamadas telefónicas de valor acrescentado

Recebi um e-mail com esta mensagem e embora não concorde com tudo o que se diz, aliás porque entendo que haja um custo de manutenção, deixo aqui este registo sobre as chamadas de valor acrescentado e que é sintomático daquilo que as pessoas pensam. Qualquer novo serviço, por mais positivo que seja, se não for suficientemente bem explicado, pode levantar dúvidas e até calúnias.

«É uma vergonha o que se passa com o valor das chamadas telefónicas de ajuda a vítimas de catástrofes. Vejamos então o que se passa com as ditas chamadas: Cada chamada custa a quem a faz 72 centimos (60 centimos + IVA). No entanto para as organizações de ajuda no terreno são canalizados apenas 50 centimos, ou seja mais ou menos 69% do que pagámos. Os restantes 31% - 22 cêntimos - vão uma parte para o IVA 20% e restante não sabemos bem para quem.

Assim, dos 72 centimos que oferecemos, temos que:
- organizações de Solideriedade recebem 50 centimos
- para os cofres do governo através do IVA 20% 12 cêntimos
- não sab…