Avançar para o conteúdo principal

Os Heróis

Hoje não podía deixar de fazer um referência à campanha do Banco Alimentar contra a fome - uma iniciativa fantástica da sociedade civil. Parabéns a tantos heróis... que dão, que se organizam, colaboram, ajudam, acreditam e com os seus gestos solidários transformam o nosso mundo num lugar melhor para se viver.

Deixo aqui o artigo da Lusa

#

Centenas de voluntários de todas as idades aguardavam hoje a sua vez no armazém do Banco Alimentar Contra a Fome, em Lisboa, para poderem contribuir com o seu trabalho em mais um fim de semana de luta contra a fome promovido pela instituição.

As filas começaram a ser formadas logo pela manhã e cerca das 12h preenchiam o parque exterior do armazém em Alcântara, já muito movimentado com os carrinhos que chegavam com caixas carregadas de alimentos, enquanto no interior a azáfama já era muita para receber os bens doados.

"Neste momento, começaram a chegar os carros que estão a recolher os donativos que as pessoas generosamente deram para depois serem distribuídos às instituições", disse à agência Lusa Helena André, que luta há 20 anos como voluntária por esta causa.

Enquanto um grupo de voluntários ajudava a descarregar os carros que transportavam os bens, outro abria os sacos para condicionar os alimentos. Alguns voluntários encontravam-se junto às balanças para pesar os produtos para serem distribuídos pelas instituições.

"Podiam estar em casa ou a passear, com um dia tão bonito de sol, mas querem dar o seu tempo para uma causa em que acreditam"

A acompanhar atentamente todos estes movimentos estava a presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome.

Para Isabel Jonet, é "muito gratificante" ver a "quantidade tão grande de voluntários" que esperavam para poder ajudar na campanha.

"Podiam estar em casa ou a passear, com um dia tão bonito de sol, mas querem dar o seu tempo para uma causa em que acreditam e se identificam", disse à agência Lusa, considerando que esta é a "grande partilha e interação de quem dá e quem recebe que faz com que as campanhas sejam sempre um sucesso".

Para a responsável, a "mistura" de voluntários, em que se encontram pessoas de todas as idades, de todos os partidos, clubes e religiões faz com que haja "uma riqueza de campanha para campanha".

Vânia, 17 anos, esperava pacientemente a sua vez para participar pela segunda vez numa causa em que acredita.
"Faço parte de um grupo de jovens voluntários e estou aqui porque também gostava que fizessem isso por mim", disse a jovem.

"Participo pelo facto de sentir-me útil"

A participar pela quinta vez nesta ação, Vanessa, 22 anos, disse que é "um dia diferente" marcado pela solidariedade.
"Participo pelo facto de sentir-me útil e também por poder dar um bocadinho do meu contributo nesta campanha que é essencial não só nesta altura como em qualquer altura do ano", sublinhou.

Para Joaquim Matos, 41 anos, foi uma estreia como voluntário: "Todos os anos participo com a oferta de algumas compras, mas já algum tempo que andava interessado em fazer voluntariado e este ano resolvi inscrever-me".

Joaquim Matos confessou ter ficado impressionado com o movimento de solidariedade em torno desta iniciativa e com toda a logística em torno desta causa.

"O que propomos às pessoas não é que nos deem muito, mas que sejam muitas a dar, mesmo que deem apenas um pacote de leite"

Há 20 anos a dirigir o Banco Alimentar, Isabel Jonet disse ser "muito gratificante" ver que um pouco por todo o país podem multiplicar-se os resultados para ajudar pessoas em dificuldades.

"Nós não entregamos diretamente os produtos às pessoas, mas temos uma rede de 2.047 instituições que todos os dias levam os alimentos a 329 mil pessoas", explicou.

Para Isabel Jonet, é "incontestável" que se vive numa altura muito difícil para muitas famílias portuguesas. No entanto, "aquilo que os bancos alimentares propõem é que as pessoas partilhem, com quem tem muitas dificuldades para se alimentar, algo das suas compras".

"O que propomos às pessoas não é que nos deem muito, mas que sejam muitas a dar, mesmo que deem apenas um pacote de leite ou um pacote de esparguete", apelou. 


Comentários

Mensagens populares deste blogue

O que é o Fundraising?

«O conjunto de estratégias e procedimentos que levam as pessoas a darem voluntariamente recursos financeiros»

- O seu objetivo é conseguir doações;
- Mais do que conseguir doações, é conseguir doadores;
- Mais do que conseguir doadores é montar um sistema de conquista de doadores;
- Um sistema que os leve a doar cada vez mais e com maior frequência;
- Por fim, um sistema que os leve a deixarem um legado;
- E que façam tudo isso com alegria identificando-se com a causa da instituição.

Fundação Maria do Carmo Roque Pereira

Caros Amigos
Como muitos já sabem, o Miguel e eu dedicamo-nos de alma e coração já há vários anos à Fundação Maria do Carmo Roque Pereira.

A Fundação é uma IPSS cuja actividade principal é uma creche e um jardim Infância na zona da Graça, em Lisboa, com 50 Crianças entre os 18 meses e os 5 anos. Apoiamos também cerca de 80 familias (mais de 250 pessoas) através da entrega de cabazes do Banco Alimentar.

Funcionamos há alguns anos nos Claustros da Igreja da Graça. Um sitio lindissimo mas com muitas limitações e algumas faltas de condições, que todos os dias vamos tentando melhorar para oferecermos o melhor serviço - a equipa que ali está é extraordinária e às vezes faz verdadeiros milagres.

Como IPSS vocacionada para o apoio a famílias desfavorecidas e com muitas dificuldades, todos os dias apertamos o cinto e temos mesmo a corda ao pescoço.
Precisamos de adquirir equipamentos e materiais, e sobretudo algumas obras são necessárias para que possamos manter os requisitos míni…

FUNDRAISING EM AÇÃO

A COIMBRA BUSINESS SCHOOL informa que oMódulo 1 “Introdução + Fundraising planeado”deverá ter início a 21 de Outubro, decorrendo às sextas-feiras, com o preço especial de 160 €.
Trata-se do módulo introdutório à pós-graduação “FUNDRAISING EM AÇÃO”, mas pode funcionar de forma isolada, sendo um instrumento básico para quem quer conhecer e usar os conceitos e ferramentas da angariação de fundos.
Revela os princípios fundamentais para conhecer e comunicar com os seus potenciais doadores e desenvolver um plano estratégico para a organização, podendo assim aplicar desde já uma campanha de fundraising eficaz.
Mais informações em http://bs.iscac.pt/posgraduacao/