Avançar para o conteúdo principal

PepsiCo adquire 15 obras de arte à Fundação AFID - Diferença


Peças exclusivas criadas pelos artistas plásticos da Fundação passam a decorar a sede da empresa em Portugal

Porto Salvo, Março de 2009. – A PepsiCo inaugurou recentemente na sua sede em Portugal, uma exposição permanente de obras de arte criadas em exclusivo pelos artistas plásticos da Fundação AFID-Diferença, uma instituição de solidariedade social que apoia portadores de deficiência física e mental, bem como crianças, jovens ou idosos de grupos desfavorecidos.

As 15 obras de arte foram produzidas pelos artistas que frequentam a Oficina das Artes da Fundação - sob a orientação do artista plástico Nuno Quaresma – sendo que algumas pinturas têm a singularidade de terem sido especialmente produzidas com a temática PepsiCo (inclusão de elementos relativos à marca).

No acto de inauguração, estiveram presentes os autores das obras de arte expostas, os representantes da Fundação AFID, o artista plástico orientador, bem como os colaboradores da PepsiCo.

“Foi com muita emoção que assisti a um acto de inauguração muito sentido e que denotava um compromisso muito forte entre todos. Agradeço sinceramente à PepsiCo este acto de solidariedade que considero ser o início de uma longa parceria” comenta Domingos Rosa, Presidente da Fundação AFID- Diferença.

João Costa, Director Geral da PepsiCo, reforça “Foi depois de uma reportagem televisiva sobre esta fundação que decidimos avançar para esta iniciativa de que muito nos orgulhamos. É muito gratificante expor obras de arte oriundas de uma instituição de solidariedade, mas é sobretudo compensador ver a alegria dos autores com a exposição das suas obras”.

Esta iniciativa da PepsiCo representa mais uma forma de demonstrar o lema global da empresa “Performance With Purpose”, que defende que o desempenho do seu negócio deverá estar associado à criação de um propósito para a Humanidade.

+ info

Marta Bettencourt
mbettencourt@tinkle.pt
+351 213 407 125

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O que é o Fundraising?

«O conjunto de estratégias e procedimentos que levam as pessoas a darem voluntariamente recursos financeiros»

- O seu objetivo é conseguir doações;
- Mais do que conseguir doações, é conseguir doadores;
- Mais do que conseguir doadores é montar um sistema de conquista de doadores;
- Um sistema que os leve a doar cada vez mais e com maior frequência;
- Por fim, um sistema que os leve a deixarem um legado;
- E que façam tudo isso com alegria identificando-se com a causa da instituição.

Angariação de donativos nas ONGD portuguesas

Olá Amigos,
há algum tempo que não publico nada neste blog, e por esta ausência, peço desculpa :)

Hoje gostaria de dar a conhecer um grupo interessantíssimo, o GBU (Grupo Bíblico Universitário), uma associação cristã de jovens universitários que procura conhecer, viver e comunicar a mensagem cristã nos estabelecimentos de Ensino Superior em Portugal. Se quiserem saber mais sobre esta organização, por favor, acompanhem o grupo GBU no Facebook.

Que tem isto a ver com o nosso blog?

A GBU é uma organização pequena mas já está a tomar o fundraising muito a sério. No último Seminário da Call to Action, tive a alegria de conhecer o Tiago Carmona, o dinamizador e responsável pela angariação de fundos desta associação. O Tiago é um estudioso e um fundraiser respeitável. Recentemente apresentou no ISCTE uma tese de mestrado notável, sobre um tema muito interessante: ANGARIAÇÃO DE DONATIVOS NAS ONGD PORTUGUESAS.

Nas palavras do Tiago "esta investigação procura analisar em que medida as ONG…

Vencedor de prémio do Euromilhões vai doar 50 milhões de euros

Um francês, que ganhou um prémio do Euromilhões em Fevereiro no valor de 72 milhões de euros, vai doar 50 milhões a associações solidárias do seu país. A doação do homem, que pediu o anonimato, à entidade que gere os jogos de sorte é uma das maiores alguma vez feita por vencedores daquele jogo.

Segundo a RTL, o francês validou o boletim em Haute-Garonne, sudoeste de França, e após ser conhecida a chave sorteada ainda levou alguns dias a reclamar o prémio de 72.149.579 euros. Três meses após o sorteio, o homem vai doar quase dois terços do prémio a associações de solidariedade de um dos nove países que participa no Euromilhões, incluindo Portugal.

A FDJ, entidade francesa que gere os jogos da sorte, indica que o vencedor é um homem com cerca de 50 anos, sem filhos, que tem uma “fibra solidária”. É um “generoso doador anónimo” e pretende seguir com “atenção o que irá acontecer com os fundos”, acrescentou, citada pela AFP.

Não é a primeira vez que um francês vencedor do Eurom…