Avançar para o conteúdo principal

Feiras de Natal

 

Dezembro é o mês das compras. Se forem solidárias, tanto melhor. Sugerimos várias versões, inlcuindo online

Não é só nos centros comerciais que vivem os presentes de Natal. O comércio tradicional, as pequenas feiras ou mercados locais e também uma página online novinha em folha são boas opções para quem procura sugestões originais, amigas carteira e do ambiente. Marque na agenda:

De 6 a 8: Venda de Natal da Boa Nova , no Estoril
O Centro Paroquial do Estoril organiza, pelo quarto ano consecutivo, uma venda de Natal que tem como objetivo angariar fundos para a área social daquele centro. Haverá venda de rifas, artesanato, bijuteria, doçaria, livros, brinquedos, roupa e outros produtos doados pelos parceiros e voluntários da iniciativa, assim como peças produzidas pelos utentes do centro de dia, crianças do pré-escolar e crianças e jovens do Colégio Sra. Boa Nova.

De 9 a 13: Troca de Roupa Usada, em Carnaxide
Não é propriamente uma feira ou um mercado, mas é uma iniciativa que pode transformar-se em vales de compras para presentes de Natal. A campanha "A roupa que não usa vale muito" é lançada pelo site de compras online Goodfashion.pt e pretende apelar ao combate à pobreza através da doação de roupa que será encaminhada para instituições sociais. Cada quilo entregue no nº 118 da Estrada da Outurela, em Carnaxide, dá direito a um vale de 5 euros.

De 11 a 13: Feira Taguspark Solidário, em Oeiras
No átrio do Núcleo Central do Taguspark, em Porto Salvo (Oeiras), realiza-se uma feira de natal solidária, com a presença de 17 associações de solidariedade social. Durante três dias, as participantes aproveitarão para divulgar as suas causas e angariarem fundos através de vendas de brinquedos, livros, dvd's, artigos de decoração, kits de ervas aromáticas. Entre as instituições presentes, estarão a Raríssimas, a AMI, a Fundação O Século e a Cercica.

De 11 a 15: Mercado de Natal Amigo da Terra, em Almada
É a X Edição de um evento que este ano junta mais de 50 artesãos em 20 oficinas, onde os visitantes podem aprender a fazer as suas próprias ofertas recicláveis ou comprar presentes originais. Haverá workshops didáticos e tasquinhas de comida natalícia, mas também tenHá umdas a vender produtos diversificado. Neste mercado de entrada livre, realizado na Oficina de Cultura e na Praça S. João Batista, em Almada, será possível adotar amigos de quatro patas.

Até 25: www.gambozinos.org
"Ponha um Gambozino no Sapatinho!" é o nome de uma campanha lançada pela Associação Gambozinos, que apoia mais de 200 crianças e jovens em bairros sociais do Pragal, Peniche e Braga. A página da instituição disponibiliza um catálogo de Natal online com os presentes que é possível oferecer, dos cinco aos 95 euros. Esta é uma forma original que a Gambozinos encontrou para se financiar e mostrar o que anda a fazer.

Sempre: Comprasolidaria.pt
É um site original que reúne oferta variada de produtos solidários, produzidos por instituições sociais e cuja venda reverte na totalidade ou em parte para ajudar uma causa. Os produtos expostos virtualmente variam desde merchandising das associações a artigos artesanais produzidos pelos voluntários dessas "casas". Alguns são, ainda doados. Esta é uma forma rápida de fazer compras solidárias sem sair de casa.

Comentários

Joe Garlick disse…
TeamNut Fundraising offering a comprehensive range of fundraising, to Charities non-profit organizations.
Fundraising Website in United States
Fundraising Websites in United States
Fundraising for sport team in United States
Fundraising for charity in United States
Top Fundraising in United States
<a href="http://TeamNut.com/”> Raising fund for youth group in United States </a>

Mensagens populares deste blogue

O que é o Fundraising?

«O conjunto de estratégias e procedimentos que levam as pessoas a darem voluntariamente recursos financeiros»

- O seu objetivo é conseguir doações;
- Mais do que conseguir doações, é conseguir doadores;
- Mais do que conseguir doadores é montar um sistema de conquista de doadores;
- Um sistema que os leve a doar cada vez mais e com maior frequência;
- Por fim, um sistema que os leve a deixarem um legado;
- E que façam tudo isso com alegria identificando-se com a causa da instituição.

Angariação de donativos nas ONGD portuguesas

Olá Amigos,
há algum tempo que não publico nada neste blog, e por esta ausência, peço desculpa :)

Hoje gostaria de dar a conhecer um grupo interessantíssimo, o GBU (Grupo Bíblico Universitário), uma associação cristã de jovens universitários que procura conhecer, viver e comunicar a mensagem cristã nos estabelecimentos de Ensino Superior em Portugal. Se quiserem saber mais sobre esta organização, por favor, acompanhem o grupo GBU no Facebook.

Que tem isto a ver com o nosso blog?

A GBU é uma organização pequena mas já está a tomar o fundraising muito a sério. No último Seminário da Call to Action, tive a alegria de conhecer o Tiago Carmona, o dinamizador e responsável pela angariação de fundos desta associação. O Tiago é um estudioso e um fundraiser respeitável. Recentemente apresentou no ISCTE uma tese de mestrado notável, sobre um tema muito interessante: ANGARIAÇÃO DE DONATIVOS NAS ONGD PORTUGUESAS.

Nas palavras do Tiago "esta investigação procura analisar em que medida as ONG…

Vencedor de prémio do Euromilhões vai doar 50 milhões de euros

Um francês, que ganhou um prémio do Euromilhões em Fevereiro no valor de 72 milhões de euros, vai doar 50 milhões a associações solidárias do seu país. A doação do homem, que pediu o anonimato, à entidade que gere os jogos de sorte é uma das maiores alguma vez feita por vencedores daquele jogo.

Segundo a RTL, o francês validou o boletim em Haute-Garonne, sudoeste de França, e após ser conhecida a chave sorteada ainda levou alguns dias a reclamar o prémio de 72.149.579 euros. Três meses após o sorteio, o homem vai doar quase dois terços do prémio a associações de solidariedade de um dos nove países que participa no Euromilhões, incluindo Portugal.

A FDJ, entidade francesa que gere os jogos da sorte, indica que o vencedor é um homem com cerca de 50 anos, sem filhos, que tem uma “fibra solidária”. É um “generoso doador anónimo” e pretende seguir com “atenção o que irá acontecer com os fundos”, acrescentou, citada pela AFP.

Não é a primeira vez que um francês vencedor do Eurom…