Avançar para o conteúdo principal

Angariação de donativos nas ONGD portuguesas


Olá Amigos,
há algum tempo que não publico nada neste blog, e por esta ausência, peço desculpa :)

Hoje gostaria de dar a conhecer um grupo interessantíssimo, o GBU (Grupo Bíblico Universitário), uma associação cristã de jovens universitários que procura conhecer, viver e comunicar a mensagem cristã nos estabelecimentos de Ensino Superior em Portugal. Se quiserem saber mais sobre esta organização, por favor, acompanhem o grupo GBU no Facebook.
 
Que tem isto a ver com o nosso blog?

A GBU é uma organização pequena mas já está a tomar o fundraising muito a sério. No último Seminário da Call to Action, tive a alegria de conhecer o Tiago Carmona, o dinamizador e responsável pela angariação de fundos desta associação. O Tiago é um estudioso e um fundraiser respeitável. Recentemente apresentou no ISCTE uma tese de mestrado notável, sobre um tema muito interessante: ANGARIAÇÃO DE DONATIVOS NAS ONGD PORTUGUESAS.

Nas palavras do Tiago "esta investigação procura analisar em que medida as ONGD portuguesas estão a utilizar a angariação de donativos (particulares) para assegurar o seu financiamento na atual conjuntura política e económica, tomando por referência o período de 2008 a 2011."

Para este trabalho foram realizados estudos de caso com três organizações: Fundação AMI, OIKOS e Leigos para o Desenvolvimento.

Não deixem de ler este trabalho!

Sem revelar as conclusões deste estudo, gostaria de assinalar com agrado o crescente interesse por esta temática em Portugal. Muito particularmente, acredito que esta "descoberta" da importãncia estratégica dos doadores individuais só pode ser benéfica para a saude e o futuro do fundraising em Portugal.

Obrigado Tiago!

PS: Para os que não têm tempo para ler toda a tese podem ver aqui um resumo Prezi.
 

Comentários

Maria Abreu disse…
Sim, é um trabalho fantástico. Conheço bem... fui a arguente!
Tiago Carmona disse…
Obrigado Félix pela partilha e pelas palavras de encorajamento. Obrigado Madalena. Boa parte do mérito do estudo deve-se à AMI, à OIKOS e Leigos para o Desenvolvimento (e ainda aos Médicos do Mundo), pela sua atitude de transparência e partilha das suas experiências. Espero que o estudo possa ser útil para o desafio da angariação de fundos em Portugal.
Joe Garlick disse…
Post your sport team, clubs, and school ads on http://teamnut.com/ for making popularity, branding, and increasing supporter for your organization.

Money Raising Ideas in Pennsylvania


Joe Garlick disse…
Are you ready to raise funds for your school, sport team, clubs? Teamnut Fundraising can help your school group or organization accomplish its goals.



Fundraising for sport team in Pennsylvania


Mensagens populares deste blogue

O que é o Fundraising?

«O conjunto de estratégias e procedimentos que levam as pessoas a darem voluntariamente recursos financeiros»

- O seu objetivo é conseguir doações;
- Mais do que conseguir doações, é conseguir doadores;
- Mais do que conseguir doadores é montar um sistema de conquista de doadores;
- Um sistema que os leve a doar cada vez mais e com maior frequência;
- Por fim, um sistema que os leve a deixarem um legado;
- E que façam tudo isso com alegria identificando-se com a causa da instituição.

Fundação Maria do Carmo Roque Pereira

Caros Amigos
Como muitos já sabem, o Miguel e eu dedicamo-nos de alma e coração já há vários anos à Fundação Maria do Carmo Roque Pereira.

A Fundação é uma IPSS cuja actividade principal é uma creche e um jardim Infância na zona da Graça, em Lisboa, com 50 Crianças entre os 18 meses e os 5 anos. Apoiamos também cerca de 80 familias (mais de 250 pessoas) através da entrega de cabazes do Banco Alimentar.

Funcionamos há alguns anos nos Claustros da Igreja da Graça. Um sitio lindissimo mas com muitas limitações e algumas faltas de condições, que todos os dias vamos tentando melhorar para oferecermos o melhor serviço - a equipa que ali está é extraordinária e às vezes faz verdadeiros milagres.

Como IPSS vocacionada para o apoio a famílias desfavorecidas e com muitas dificuldades, todos os dias apertamos o cinto e temos mesmo a corda ao pescoço.
Precisamos de adquirir equipamentos e materiais, e sobretudo algumas obras são necessárias para que possamos manter os requisitos míni…

Chamadas telefónicas de valor acrescentado

Recebi um e-mail com esta mensagem e embora não concorde com tudo o que se diz, aliás porque entendo que haja um custo de manutenção, deixo aqui este registo sobre as chamadas de valor acrescentado e que é sintomático daquilo que as pessoas pensam. Qualquer novo serviço, por mais positivo que seja, se não for suficientemente bem explicado, pode levantar dúvidas e até calúnias.

«É uma vergonha o que se passa com o valor das chamadas telefónicas de ajuda a vítimas de catástrofes. Vejamos então o que se passa com as ditas chamadas: Cada chamada custa a quem a faz 72 centimos (60 centimos + IVA). No entanto para as organizações de ajuda no terreno são canalizados apenas 50 centimos, ou seja mais ou menos 69% do que pagámos. Os restantes 31% - 22 cêntimos - vão uma parte para o IVA 20% e restante não sabemos bem para quem.

Assim, dos 72 centimos que oferecemos, temos que:
- organizações de Solideriedade recebem 50 centimos
- para os cofres do governo através do IVA 20% 12 cêntimos
- não sab…