Avançar para o conteúdo principal

Acontece, no verão...

- Uma excelente notícia: recebi o segundo número da Revista Impulso Positivo. Uma edição deliciosa toda ela dedicada ao fundraising. Parabéns pela iniciativa e obrigado aos mecenas que tornaram possível este acontecimento inédito em Portugal.
 
- No fim de semana passado fui abordado na rua para fazer um donativo para uma instituição que não conhecia e que tem um nome simpático: Ligações de Ternura. Habitualmente colaboro com estas iniciativas mas quero saber mais sobre o nome e a missão da instituição que ajudo. O rapaz que me abordou não soube explicar muito bem. Pedi um folheto ou alguma informação para poder visitar pelo menos o site na internet. Recebi, num pedaço de papel, um link que partilho com vocês: Ligações de Ternura. O site é bonito mas um pouco ambíguo. Não se percebe bem quem é quem, qual a missão e os objectivos da instituição, o que fazem e para onde vai concretamente o dinheiro... Espero que utilizem bem o meu donativo.

- GOSTO do Gsolidário no Facebook. De facto gosto de todas as iniciativas solidárias quando são autênticas e genuínas.

- De férias na Ericeira, reparei que ainda continua a venda de arroz doce no fim da missa com o objectivo de angariar fundos para arranjar o telhado da Igreja Paroquial de São Pedro. Muitas vezes são pequenas acções, como esta venda de arroz doce ou pão com torresmos, promovidas voluntariamente por pessoas de boa vontade que tornam o sociedade mais humana. Contudo, para termos mais dinamismo no terceiro-sector precisamos de mais profissionalismo aliado a toda esta cultura de entreajuda.

- Por fim, mais uma boa notícia. No seu novo site, o Montepio tem uma secção dedicada ao Terceiro Sector. Toda a informação apresentada está muito bem estruturada e tem opções bastante interessantes.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O que é o Fundraising?

«O conjunto de estratégias e procedimentos que levam as pessoas a darem voluntariamente recursos financeiros»

- O seu objetivo é conseguir doações;
- Mais do que conseguir doações, é conseguir doadores;
- Mais do que conseguir doadores é montar um sistema de conquista de doadores;
- Um sistema que os leve a doar cada vez mais e com maior frequência;
- Por fim, um sistema que os leve a deixarem um legado;
- E que façam tudo isso com alegria identificando-se com a causa da instituição.

Angariação de donativos nas ONGD portuguesas

Olá Amigos,
há algum tempo que não publico nada neste blog, e por esta ausência, peço desculpa :)

Hoje gostaria de dar a conhecer um grupo interessantíssimo, o GBU (Grupo Bíblico Universitário), uma associação cristã de jovens universitários que procura conhecer, viver e comunicar a mensagem cristã nos estabelecimentos de Ensino Superior em Portugal. Se quiserem saber mais sobre esta organização, por favor, acompanhem o grupo GBU no Facebook.

Que tem isto a ver com o nosso blog?

A GBU é uma organização pequena mas já está a tomar o fundraising muito a sério. No último Seminário da Call to Action, tive a alegria de conhecer o Tiago Carmona, o dinamizador e responsável pela angariação de fundos desta associação. O Tiago é um estudioso e um fundraiser respeitável. Recentemente apresentou no ISCTE uma tese de mestrado notável, sobre um tema muito interessante: ANGARIAÇÃO DE DONATIVOS NAS ONGD PORTUGUESAS.

Nas palavras do Tiago "esta investigação procura analisar em que medida as ONG…

Vencedor de prémio do Euromilhões vai doar 50 milhões de euros

Um francês, que ganhou um prémio do Euromilhões em Fevereiro no valor de 72 milhões de euros, vai doar 50 milhões a associações solidárias do seu país. A doação do homem, que pediu o anonimato, à entidade que gere os jogos de sorte é uma das maiores alguma vez feita por vencedores daquele jogo.

Segundo a RTL, o francês validou o boletim em Haute-Garonne, sudoeste de França, e após ser conhecida a chave sorteada ainda levou alguns dias a reclamar o prémio de 72.149.579 euros. Três meses após o sorteio, o homem vai doar quase dois terços do prémio a associações de solidariedade de um dos nove países que participa no Euromilhões, incluindo Portugal.

A FDJ, entidade francesa que gere os jogos da sorte, indica que o vencedor é um homem com cerca de 50 anos, sem filhos, que tem uma “fibra solidária”. É um “generoso doador anónimo” e pretende seguir com “atenção o que irá acontecer com os fundos”, acrescentou, citada pela AFP.

Não é a primeira vez que um francês vencedor do Eurom…